quarta-feira, 23 de maio de 2012

14º Festival da Canção de Andradas recebe músicos de todo o país


O evento tem início nesta sexta-feira (25)

Durante três dias de maio, a cidade mineira de Andradas vence os modismos impostos pela indústria cultural, voltando a Era de Ouro dos Festivais – um período no qual a boa música popular brasileira fazia jus ao nome, sendo consumida, cantada e pertencendo ao povo, que se identificava com as canções e intérpretes pela qualidade e capacidade de falar dos anseios nacionais. É o Festival da Canção que, em 2012, entra em sua 14ª edição e ocorre nos dias 25, 26 e 27 de maio, batendo recordes de inscrições, que quadriplicaram, em comparação a 2011.  Com premiações de alto nível e ampliação da estrutura oferecida aos participantes, o evento é consagrado por músicos de todo o Brasil e público e conta com aprovação na Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e o apoio das empresas ICASA e GASMIG.
 
Foram 507 músicas enviadas de quase todas as regiões do Brasil, o que promete uma das disputas mais acirradas dos últimos tempos. A lista de classificadas apresenta 24 músicas, de estados como Minas, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Bahia e até mesmo Amazonas. Os intérpretes disputam premiações que variam de 7 a 1 mil reais.

No ano passado o número de inscrições não passou de 120. O recorde anterior havia ficado em 2007, quando o evento recebeu 220 inscrições.

“Creio que este é o reflexo do reconhecimento e da melhor estrutura que conseguimos oferecer graças à união de esforços de nossa equipe, da Engenho Cultural, da Lei de Incentivo à Cultura de Minas, GASMIG E ICASA, cujo apoio ampliou a premiação, a estrutura e a possibilidade de oferecermos aos músicos um aparato diferenciado”, informou David França, idealizador do Festival.

Segundo o coordenador de triagem e diretor musical, Gilmar França, as canções vieram de 20 Estados brasileiros. “É muito recompensador ver que a boa música está viva e brota de diferentes lugares, trazendo suas histórias peculiares e sotaques especiais. A música brasileira de qualidade só carece de espaço”, salientou.

O evento promete movimentar a cidade de pouco mais de 37 mil habitantes e conhecida como a Terra do Vinho. Quase todas as regiões do país participaram com o envio de canções, o que torna os três dias de Festival uma oportunidade para conhecer a diversificação da composição musical do país.

“No primeiro ano, tínhamos uma preocupação muito grande em como realizar com pouco dinheiro um evento cultural e atrair público para ele. Hoje o Festival já se consolidou na agenda das principais iniciativas dessa natureza no país. Nesse sentido, a Lei Estadual de Incentivo à Cultura e a presença dos patrocinadores marcam o reconhecimento de uma empreita cultural que apenas chegou a sua 14ª edição graças à Prefeitura de Andradas, ao reconhecimento do público e ao esforço de nossos colaboradores”, informou França.

Grandes nomes da MPB já marcaram presença no Festival, entre eles destacam-se Ivânia Catarina, José Alexandre, Eudes Fraga, Lula Barbosa, José Renato Fressato, Diego Morais, Tavinho Limma, dentre outros.

Durante os três dias de evento, no Clube Rio Branco de Andradas, o público poderá torcer, conhecer e participar de todas as apresentações. No domingo acontece a grande final, da qual participam as músicas selecionadas na sexta e no sábado. A entrada é gratuita.

 A equipe que organiza o 14º festival é formada por David França (Coordenador Geral), Gilmar França (Coordenador de Triagem e Direção Musical), Neusa Marcondes (Diretora Artísitica), Valéria de Freitas (Diretora Executiva) e Jesuane Salvador (Diretora de Comunicação).       Continue lendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário